sexta-feira, maio 16, 2008

Planeta Terra em trabalho de parto

Quem não fica estarrecido ante a quantidade, diversidade e gravidade de tragédias noticiadas a cada dia na mídia? Terremotos, ciclones, maremotos, guerras, assassinatos... Você já ouviu essa história antes?

Diante de tanta calamidade, os cristãos exclamam: “É o fim do mundo!” Em contraposição, os céticos rebatem: “Que fim de mundo que nada! Sempre houve guerras e terremotos. Há décadas se fala do fim do mundo, e até agora nada...”.

De fato, nada disso é novidade. Por isso é que a Bíblia diz: “Vocês ouvirão falar de guerras e rumores de guerras [...] mas ainda não é o fim. Nação se levantará contra nação, e reino contra reino. Haverá fomes e terremotos em vários lugares. Tudo isso será o início das dores” (Mateus 24:6-8; ênfase acrescentada).

Que dores? Paulo responde: “[...] a destruição virá sobre eles de repente, como as dores de parto à mulher grávida”
(1 Tessalonicenses 5:3; ênfase acrescentada).

A Bíblia usa a metáfora das dores de parto para nos ajudar a entender quando e como ocorrerá o fim do mundo. É como se o mundo fosse a mulher grávida e as dores de parto, as tragédias.

Quando?

Assim como a mulher grávida não sabe exatamente quando seu filho decidirá nascer, nós também não sabemos quando será a vinda do Filho de Deus. A única coisa que sabemos é que “o dia do Senhor virá como ladrão à noite” (1 Tessalonicenses 5:2) – ou seja, repentinamente, sem data marcada.

Como?

Eu nunca passei pela experiência da maternidade. Então não posso dizer, por experiência própria, quanto dói dar à luz. O que eu sei é que a maioria das mulheres recorre à cesárea exatamente para fugir da dor.

Para as “contrações” do planeta Terra, porém, não há escapatória. “Toda a natureza criada geme até agora como em dores de parto.” (Romanos 8:22). Se isso já era verdade na época de Paulo, muito mais agora. E é aí que eu quero chegar.

As catástrofes ambientais e as crises econômicas, sociais e morais realmente sempre existiram, mas nunca tão intensas. Logo, se o aumento das dores de uma parturiente indicam que o bebê está chegando, o aumento do sofrimento do mundo, segundo a Bíblia, é um sinal de que Jesus está voltando.

Não haverá mais dor...

À primeira vista, tudo isso pode parecer aterrador, da mesma forma que para mim, uma aspirante a mamãe, é assustadora a idéia de passar pelas dores do parto. Mas pergunte a uma mãe que acabou de dar à luz: “Valeu a pena tanta dor?”. Nem é preciso palavras. O sorriso estampado em seu rosto enquanto contempla extasiada aquele pequeno ser, recém-chegado ao mundo, diz tudo.

Embora a dor seja grande, ela é passageira. Em breve, “não haverá mais morte, nem tristeza, nem choro, nem dor” (Apocalipse 21:4). Por isso, Jesus nos motivou: “Quando começarem a acontecer estas coisas, levantem-se e ergam a cabeça, porque estará próxima a redenção de vocês” (Lucas 21:28).

Acredite: por maior que seja o sofrimento hoje, a alegria de amanhã será incomparavelmente superior! Não perca isso de vista.

Marily Sales dos Reis

Nota: Veja outros artigos relacionados com este assunto e algumas evidências históricas e arqueológicas de que as profecias bíblicas são confiáveis:

Sinal dos tempos
O mês das tragédias
O mês das tragédias II
Arqueologia
O tempo do juízo

9 comentários:

Betine e Giovandro disse...

Oi Mary,
Realmente está acontecendo e nosso Mestre e Salvador já está as portas. Muito obrigada pelas palavras maravilhosas, realmente a dor será grande, mas a recompensa será maior. A graça de Jesus nos basta.
Bjão
Betine

Anônimo disse...

Oi, Marily, bom-dia:

Também não passei pela experiência de ser mãe, mas sei que, quanto mais a hora do nascimento da criança se aproxima, mais as contrações (e dores) vão aumentando, pouco a pouco, até que a criança venha à luz , todo aquele desespero passe, e a mãe contemple, extasiada, o bebê em seu seus braços.

Da mesma forma, quanto mais próxima esteja a hora da volta de Cristo, mais freqüentes e intensas serão as dores da Terra. Como nas dores do parto, os terremotos, maremotos, ciclones, vulcões há muito adormecidos entrando em erupção, pestes, fome, mortes, serão mais incidentes (em número assustador de ocorrências) e também mais intensos, inesperados (sentidos até em Tatuí no último mês)...

Porém, serão aterradores apenas para os que não esperam ansiosamente pelo momento de estar nos doces braços de Jesus.

Um abraço, um ótimo sábado!

Dóris Matos

Luiz e Dani disse...

Oi Marily,
Excelente suas palavras. Gostei muito.
Bjos,
Dani.

Luiz e Dani disse...

Oi Marily,
Esqueci de perguntar, posso colocar o seu post no meu blog? O assunto é muito interessante.
Bjos,
Dani.
http://cristoestavoltando.blogspot.com/

felipe tonasso disse...

gostei muito do seu blog.
voltarei com mais tempo para explorá-lo.
estou iniciando nesse universo blogueiro.

abraço
e Deus abençoe vc

felipe tonasso disse...

forte mas verdadeiro mesmo! rs
sobre me adicionar no teu grupo, a vontade! quero estar atualizado e vou clicar pro aqui sempre! linkarei vc!

ainda não tive o tempo que quero pra te ler! mas o farei!

bj
boa semana com Deus!

ps> fiquei muito feliz em saber que de alguma maneira motivei vc naqueles dias abençoados em Tatuí!

Daniela disse...

Ola Marily,
Gostei muito desse texto, acho q foste mt feliz na comparaçao maternidade e volta de Cristo.Deus abençoe

Anônimo disse...

senti a dor do parto é insuportavel parecia que eu ia me sufocar e que estava sendo quebrada por inteira gritava e gemia horrores é traumatizante nem anestesia deu jeito é muito forte e terrivel inclusive ate a medica disse que eu surtei na hora do nascimento do meu filho é uma experiencia muito estranha e tem algo de sobrenatural sim no meu caso foi especial anormal depois analisando percebi que é uma dor da alma e nunca mais vou ser a mesma depois daquela dor sofri como nunca e não quero passar por isso de novo é assustador sei tmb que tem mulheres que tem parto normal e nem sabem realmente o que é essa dor só algumas passam por isso mas tmb não sei o por que ? a unica explicação é mesmo divina é a redenção ...

PORTAL MARANATA 7 disse...

Olá Marily parabéns pelo conteúdo do blog...
encontrei seu blog por acaso numa pesquisa feita no google..
pois eu ia pregar Sabado pela manha e estava pesquisando a respeito das "dores de parto" que se refere aos sinais do tempo do fim....
gostei muito do artigo e logo vi que era um artigo muito completo..e com bastante conhecimento daquilo que estava se referindo..
imaginei..só pode ser um blog adventista!!!

e coincidentemente era...
sabemos quando uma pessoa é adventista pela sua maneira de falar e se expressar, seja na internet ou fora dela...
nos reconhecemos somos uma familia..Deus lhe abênçoe e mais uma vez parabéns pelo conteúdo do blog...foi fonte de pesquisa para uma de minhas pregações.

Deus te abênçoe...
e se der de uma passadinha no meu blog....
vire uma seguidora...

Marana7a.
Adm. blog PM7
>Dalmo Aran7es

http://www.portalmaranata.blogspot.com/